O amor sem regras

Gosto do amor selvagem, que não obedece regras para ser feliz.

Gosto do amor que não pede licença para entrar e segue o seu próprio caminho. 

O amor que não agrada a todos mas mesmo assim reúne consenso.

Gosto do amor que causa ciúme quando o ciúme é coisa boa. 

Gosto do amor quando o amor cresce a cada brinde e a certeza de estarmos certos também.

Gosto do amor que não faz sentido mas sabe bem.

Gosto do amor quando é meu e daqueles que me são próximos. 

Gosto do amor que é proporcional aos bons momentos e inversamente proporcional aos maus.

Gosto do amor quando celebram as mesmas músicas.

Gosto do amor que é celebrado.

Acima de tudo gosto do amor! 

Leave a Reply 0 comments