Partilhar

Somos educados desde tenra idade para um mundo de vencedores e vencidos, o sucesso só existe para quem ganha ou em algum momento se superioriza a outro. Existem áreas em que a vitória é de facto o objectivo principal, como por exemplo o desporto de alta competição. Mas será esta abordagem de muitos para um e poucos para muitos, correcta?

“Quando Jay Leno celebrou o seu décimo aniversário no The Tonight Show, descobriu uma forma de partilhar o sucesso com os seus colegas do programa: deu do seu próprio bolso mil dólares a cada um por cada ano que tivesse colaborado no programa. Pode não parecer muito, se não tivermos em conta que o programa conta com 175 colaboradores. Todos sem excepção, desde os empregados de escritório aos produtores, receberam esse bónus. Foi uma atitude extraordinária. Uma pessoa que fazia o programa há oito anos recebeu oito mil dólares. “Em vez de dizer apenas obrigado, estamos a dar algo com significado”, diz Leno.” in The power of nice

Prevê-se que a população mundial esteja muito próximo dos 10 mil milhões em 2050, as tecnologias de informação vão chegando a cada vez mais pessoas independentemente do seu estrato social ou país de origem, as máquinas começam a ficar mais inteligentes e a executar tarefas mais elaboradas, com toda esta conjuntura num futuro próximo a Partilha será a base de uma sociedade saudável.

As empresas que hoje geram milhões de dólares de lucro em modelos de negócio com base na Internet, só o conseguem fazer porque Tim Berners Lee partilhou de forma gratuita a sua descoberta, só assim a Internet conseguiu evoluir e conquistar o poder que tem nos dias de hoje.

Filipe Matos Pereira

Leave a Reply 0 comments